Com um nome inspirado no grito de guerra do Tarzan, Krig-Ha, Bandolo! (Cuidado, aí vem o inimigo!) foi o primeiro álbum solo da carreira de Raul Seixas. Nele estão registradas as primeiras composições da parceria com Paulo Coelho. No entanto, as músicas que mais fizeram sucesso foram aquelas compostas apenas por Raulzito, como Mosca na Sopa, Metamorfose Ambulante e Ouro de Tolo. O álbum foi produzido por Marco Mazzola com coordenação de Roberto Menescal.

Conteúdo explosivo

Já em seu primeiro disco, Raul Seixas mostrou a que veio. O “pré-rap” quase autobiográfico Ouro de Tolo é um tapa na cara do “Milagre Brasileiro” e da classe média consumista. Além disso, Raul debocha da Ditadura em uma música de nome bem sugestivo: Dentadura Postiça. Os censores não perceberam a semelhança sonora entre as palavras. Quando se deram conta do conteúdo do álbum, já era tarde. Raul já fazia sucesso por todo o país.

Sucesso de crítica

Khig-Ha, Bandolo! é tido pela crítica como o melhor trabalho de Raul Seixas. Com composições fortes mesmo durante o regime militar, consolidou-se como um dos mais importantes discos já produzidos no país. Em 2007, alcançou a 12ª posição entre os 100 maiores discos da história da música brasileira, em ranking promovido pela revista Rolling Stone Brasil.

1973 Krig-Ha Bandolo

 

Faixas

Introdução (Raul, aos 9 anos, cantando Good Rockin’ Tonight)
Mosca na Sopa (Raul Seixas)
Metamorfose Ambulante (Raul Seixas)
Dentadura Postiça (Raul Seixas)
As Minas do Rei Salomão (Raul Seixas/Paulo Coelho)
A Hora do Trem Passar (Raul Seixas/Paulo Coelho)
Al Capone (Raul Seixas/Paulo Coelho)
How Could I Know (Raul Seixas)
Rockixe (Raul Seixas/Paulo Coelho)
Cachorro Urubu (Raul Seixas/Paulo Coelho)
Ouro de Tolo (Raul Seixas)

Ficha técnica

Coordenação: Roberto Menescal
Direção musical: Marco Mazzola e Raul Seixas
Produção artística: Marco Mazzola e Raul Seixas
Técnicos de gravação: Ary Carvalhães e Luigi Hoffer
Auxiliar técnico: Paulo Sérgio e Luís Claúdio Coutinho
Corte: Joaquim Figueira
Concepção da capa: Aldo Luiz, Raul Seixas, Paulo Coelho, Edith Wisner e Adalgisa Rios
Foto da capa: Cláudio Fortuna
Encarte: Adalgisa Rios

Guitarra: Raul Seixas e Jay Vaquer
Banjo: José Menezes
Piano: Miguel Cidras e José Roberto Bertrami
Teclados: Luís Paulo e Miguel Cidras
Baixo: Paulo César Barros e Alex Malheiros
Berimbau: Paulinho Braga
Pandeiro: Marco Mazzola
Bateria: Pedrinho Batera, Bill French e Mamão